quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

A butija e o pterodáctilo.


"Você Zé dos coco, deve ir sozinho até a encruzilhada perto da budega de Mané capado, com uma par e cavar até encontrar minhas preciosas moedas que escondi com medo de roubos e das pessoas gananciosas, mas muito cuidado quando você encontra-la, pois tudo que você tem medo aparecerá na sua frente com o intuito de fazer você desistir do tesouro...vá sozinho..."


E Zé acorda atordoado sem saber se o que aconteceu foi um sonho ou realmente seu finado tio que segundo alguns tinha dinheiro escondido aparecera para ele, na desconfiança parte com uma pá em buscar da "vida boa", no caminho pensa no que poderia aparecer de ruim para ele desistir da empreitada, lembra de quando era criança e tinha ganhado da sua tia da cidade um pterodáctilo velho com as patas quebradas e banguelo, que como seu primo novo não queria mais foi mandado para o primo pobre do sítio, lembra também de como ficou assustado com o animal, no começo nao quis brincar mas com o passar do tempo quando tinha raiva de alguém imaginava o brinquedo comendo a cabeça da vítima, mas nao chegava perto do boneco assim mesmo.

Ao chegar na encruzilhada apaga o "pacaia" e bota a mão na pá, cava, cava, cava e encontra o baú, tenta abrir na amizade mas vendo que nao conseguiria parte pro tapa, e joga o objeto no chão espalhando moedas por todos os lados, quando se abaixa para pega-las eis que surge pterodáctilo sem as pernas e banguelo, zé usa de todas as artimanhas para escapar das cabeçadas do animal pré-histórico, mas sofre com uma bem na sua cabeça, cai desajeitado e num excesso de raiva e coragem combinadas pular no pescoço da ave e mata ela enforcada.


ps: os fósseis encontram-se no museu da cidade de Maravilha. Zé, segundo seus familiares que ainda residem no sítio próximo a cidade, fugiu com 2 "nega".

5 comentários:

Allysson Allan disse...

Isso aí seu Lucas, fica alimentando essas porras de estórias, que os sítios arqueológicos aqui da Paraíba são depredados em busca das velhas e famosas butijas. Porra, é foda, mas essas merdas ainda existem. Merdas eu digo estórias, não as butijas.

Jorge lucas disse...

Mas essa é verdadeira (Y)

Fabiano disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Carai preá, muito massa... e num diz que é de verdade não que o Mário Acredita :P
rs

Mário Júnior disse...

Como foi a história? O brinquedo quebrado ganhou vida depois que ele descobriu o tal do tesouro amaldiçoado?

Muita imaginação...

De certa forma me lembrou parte do roteiro do filme "O Homem que Desafiou o Diabo".

xBabuh disse...

aehhaeheaheahheaaehae... É tudo verídico aí :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...